Gentileza marca capacitação do Projeto Eu Sou Cidadão – Amigos da Leitura

Coordenadores municipais do Projeto “Eu sou Cidadão – Amigos da Leitura” deleitaram-se na semana passada em uma capacitação onde a gentileza foi a palavra-chave: reunidos em Fortaleza de 12 a 14 de junho, na Porciúncula – lugar que já induz a sentimentos como a tranquilidade e a harmonia, eles e elas trabalharam o livro da jornalista Ana Márcia Diógenes, “De Esfulepante a Felicitante: uma Questão de Gentileza”.

O conteúdo, no entanto, não se restringiu ao livro. Em um primeiro momento, discutiram a importância do desenvolvimento de habilidades e técnicas para um contador de história, com a escritora Tâmara Bezerra. Já na terça, os coordenadores tiveram a oportunidade de conversar e trocar conhecimentos com autora do livro, Ana Márcia, que tratou sobre como a comunicação pode ser um instrumento de divulgação do tema abordado pela obra literária; como utilizar os meios de comunicação para levar a todo o município e seus habitantes a importância de ser gentil para com os outros e a cidade.

Já na quarta-feira, último dia da capacitação, foram discutidas propostas e atividades de disseminação do livro no município por meio de uma oficina. Dentre as atividades sugeridas estão a capacitação das crianças e adolescentes que são Amigos da leitura colaboradores na temática do livro; o planejamento de ações para disseminação do conceito trabalhado no livro; a organização de uma campanha educativa e a elaboração de um programa de rádio. Tudo, no entanto, ajustável à realidade e às necessidades de cada município. Receberam ainda a visita da deputada estadual Raquel Marques, que apresentou o Programa Escola Gentil, de sua autoria, oriundo do projeto de lei 43/2012, sancionado pelo Governador do Estado em 2013.

Para Amélia Prudente, da APDMCE, “o texto literário é a ferramenta utilizada para abordar a temática gentileza, tão importante, sobretudo nos dias atuais. Acreditamos que, com essa capacitação e com a parceria, a criatividade e o compromisso dos coordenadores, o tema será ricamente trabalhado e mobilizará as pessoas dos municípios”.

O próximo encontro será em setembro, quando será feita a avaliação das atividades e iniciada a preparação de outras atividades. Uma delas, estimular a apresentação e aprovação de projetos de lei nas câmaras municipais que instituam o dia 13 de novembro como dia municipal da gentileza. A data já é dedicada ao Dia Mundial da Gentileza. Com isso, ao integrar o calendário municipal, oportunizaria a realização de atividades que remetessem à gentileza, mobilizado permanentemente as comunidades para a temática.