Fórum Cearense de Políticas para o Idoso pede equipamentos de proteção para ILPIs

Diante da pandemia do novo coronavírus, o Fórum Cearense de Políticas para o Idoso (Focepi) alerta sobre a necessidade de repasse de equipamentos de proteção individual (EPIs) para as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) no Ceará.

A instituição lembra que as pessoas com mais de 60 anos integram o grupo de risco da doença e precisam de atenção especial neste momento. Veja a nota completa:

Em 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) caracterizou como uma pandemia o surto causado pelo novo Coronavírus (COVID-19) que atinge inúmeros países. No Brasil, o Ministério da Saúde declarou que há transmissão comunitária da COVID-19 em todo o território nacional, no qual foram confirmados aproximadamente 30.000 mil casos e 1.760 mortes até a manhã do dia 16 de abril de 2020. Os dados são alarmantes, principalmente no Estado do Ceará que contabiliza mais de dois mil casos confirmados da doença com 124 óbitos e é considerado pelo Ministério da Saúde o terceiro estado com maior incidência de pessoas confirmadas com Covid-19.

Pessoas Idosas com sessenta anos ou mais estão no Grupo de Risco e são os mais propensos a ter complicações e virem a óbito por Covid-19. Vale ressaltar preocupação com as pessoas idosas que residem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) nos quais residem em ambiente coletivo sendo mais suscetíveis ao risco de transmissão. Diante disso faz-se necessário a efetividade das medidas de prevenção por parte dos idosos institucionalizados e, principalmente, dos profissionais que trabalham nestas Instituições que necessitam utilizar os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) como máscara cirúrgica e N95, avental, óculos de proteção e luvas.

Há sérias dificuldades das ILPIs do Estado do Ceará, localizadas em sua maioria em Fortaleza e Região Metropolitana, de adquirirem EPIs para garantirem a proteção de profissionais da saúde, funcionários e idosos residentes a fim de evitar/minimizar o contágio do Covid-19, já que tais Instituições possuem alto risco de contagio em massa dos idosos institucionalizados a exemplo real de várias ILPIs localizadas em países como Estados Unidos, Itália, Espanha, dentre outros; que apresentaram alto índice de contaminação e de óbitos.

Nesse sentido, o Fórum Cearense de Políticas para o Idoso reforça a necessidade urgente do apoio efetivo dos órgãos públicos do repasse de Equipamentos de Proteção Individual para todas as Instituições de Longa Permanência de Idosos do Estado do Ceará.

Fortaleza, 16 de Abril de 2020

Fórum Cearense de Políticas para o Idoso (Focepi).