Em reunião da diretoria, APDMCE apresenta prestação de contas e debate projetos recentes

A diretoria da APDMCE reuniu-se nesta segunda-feira (27), por meio de videoconferência, para debater a agenda da instituição neste período de isolamento social e a situação do Interior do Estado no enfrentamento à Covid-19, além de apresentar o balanço financeiro do exercício do ano passado.

A presidente da instituição, Sônia Fortaleza, relatou a reunião da APDMCE na semana passada com a secretária-executiva de Políticas sobre Drogas do Estado, Rachel Marques. Ela explicou a necessidade de implementação de ações efetivas nos municípios para coibir o acesso precoce às drogas, especialmente neste momento de pandemia, quando as crianças e adolescentes estão longe da escola.

“Temos que pensar em medidas que dialoguem com a nossa realidade, não adianta mais divulgarmos cartazes dizendo não às drogas, temos que pensar em ações mais eficientes”, defendeu Sônia Fortaleza, convidando as representantes dos municípios a pensar coletivamente políticas e iniciativas a serem desenvolvidas no Estado.

Durante o encontro, também foi apresentada a prestação de contas da entidade referente ao exercício de 2019.

Nos últimos meses, mesmo atuando de forma remota, a APDMCE tem dado continuidade ao trabalho prestado aos municípios. Dentre os projetos executados atualmente estão o João de Barro, que incentiva o fortalecimento dos vínculos familiares nos tempos de quarentena, e o projeto Tudo em Casa, que, em parceria com o SESC, disponibiliza conteúdos de saúde, assistência e educação para as pessoas idosas na tentativa de estar mais perto desse público durante a pandemia. Foram apresentadas as atividades desses programas, que têm tido repercussão muito positiva nos municípios.

Também houve um momento de partilha na reunião em relação à situação da pandemia do novo coronavírus nos municípios. Os participantes compartilharam informações sobre políticas de resultados na saúde em relação ao enfrentamento da Covid-19.