APDMCE completa 33 anos de atuação; presidente Sônia Fortaleza faz balanço de ações

Prezados gestores, técnicos e articuladores dos municípios associados,

Celebramos neste mês de setembro 33 anos de atuação incansável da Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE). E encerramos o mês com a sensação de missão cumprida. É certo que todos nós temos enfrentado incertezas diante de um contexto que nos desafia. Atravessamos uma pandemia que trouxe consequências com as quais iremos conviver por meses e anos. Mas este período foi também uma época de reinvenções.

A equipe da APDMCE adaptou-se a um “novo normal” que exige menos presença física para garantir a segurança e saúde de todos. Entretanto, o nosso compromisso com o desenvolvimento e garantia de políticas públicas no Ceará permanece. Ao longo dos últimos meses, executamos inúmeros projetos e ações, como o João-de-barro, idealizado pela APDMCE e produzido pela educadora Tâmara Bezerra. Por meio da história do famoso pássaro e do incentivo à leitura em família, pautamos reflexões tão atuais sobre a convivência familiar intensificada pela quarentena.

Enquanto instituição implementadora do Selo UNICEF, a APDMCE também adaptou a agenda da certificação para que as ações do Selo não fossem paralisadas na pandemia. Ao lado do UNICEF, promovemos 12 videoconferências que abordaram os resultados sistêmicos entrelaçados a aspectos do cenário atual, como ações de prevenção ao novo coronavírus no contexto dos municípios cearenses e o enfrentamento ao racismo institucional.

Com o projeto Tudo em Casa, trabalhamos juntos ao Sesc e a outros parceiros para promover conteúdo voltado às pessoas idosas, um público tão afetado pela pandemia tanto por ser grupo de risco da Covid-19 como por sofrer o impacto de forma mais direta do distanciamento social.

Encerramos o mês, o setembro amarelo, com chave de ouro com a capacitação de três dias concluída neste dia 30 sobre a elaboração de planos municipais de prevenção e posvenção de suicídio. O curso foi conduzido pela professora Alessandra Xavier, nossa parceira de primeira ordem no Programa Vidas Preservadas, uma iniciativa do Ministério Público do Estado para prevenir suicídios em nosso estado através da implementação de políticas públicas e fortalecimento de toda a rede de saúde mental.

Agradecemos a todos os parceiros que colaboram direta e indiretamente com o trabalho da APDMCE e reafirmamos nosso compromisso com o desenvolvimento dos municípios cearenses.

Contem conosco,

Sônia Fortaleza, presidente da APDMCE.